Sistema de consórcio: 5 dicas para fazer parte

Sistema de consórcio: 5 dicas para fazer parte

O sistema de consórcio é uma oportunidade de construir patrimônio e alcançar objetivos, basta ver os dados de utilização dessa modalidade de compra para entender suas vantagens.

Conforme dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o setor bateu recorde de vendas em 2021, alcançando a comercialização de 3,46 milhões de cotas.

Receba nossas novidades


    O crescimento chegou a 14,6%, comparado a 2020. As duas categorias mais vendidas foram as de veículos leves (1,45 milhão) e motocicletas (1,12 milhão).

    Muitos desses resultados derivam dos benefícios de ser consorciado. Entre eles, estão a simplicidade e viabilidade. Afinal, qualquer pessoa pode ingressar no sistema, sem pagamento de entrada e dinheiro na conta.

    Neste post, explicaremos todas as vantagens do consórcio e como você pode fazer parte de um deles. Acompanhe!

    Vantagens do consórcio

    O sistema de consórcio consiste em uma espécie de compra coletiva. Várias cotas são comercializadas e quem as compra forma um grupo gerenciado por uma administradora. Cada cotista tem uma numeração que será sorteada ao longo do tempo.

    Ao ter esse retorno, você poderá comprar seu bem como se fosse à vista. Ou seja, tem maior poder de compra e pode conseguir desconto. Ainda, há possibilidade de antecipar sua contemplação com um lance.

    Devido a todas as suas características, o consórcio consiste em uma das maneiras estratégicas de construir um patrimônio. Afinal, você consegue se planejar, evita o endividamento e compra o que precisa conforme as possibilidades.

    Além disso, por exigir um pagamento mensal, é uma forma simples de manter a disciplina. Isso porque parece uma conta, mesmo sendo um investimento. Portanto, é uma compra acessível.

    Ausência de cobrança de juros

    Nenhum consórcio tem cobrança de juros. Nesse caso, há a incidência de uma taxa de administração. No entanto, ela tende a ser mais baixa que as alíquotas pagas em um financiamento comum.

    O valor dessa taxa depende diretamente da carta de crédito. Por exemplo, ela pode ser equivalente a R$ 300 mil. A partir dessa definição, é aplicada uma alíquota que indicará quanto você pagará de taxa de administração.

    Esse montante é diluído entre todas as parcelas mensais. Por isso, o valor é acessível.

    Variedade de planos e prazos

    Ao adquirir uma carta de crédito, você precisa escolher o plano e prazo de pagamento. O primeiro aspecto se refere ao bem que será comprado no futuro.

    Por exemplo, uma administradora de sistema de consórcio completa oferece as seguintes modalidades:

    • motos;
    • imóveis;
    • off-road;
    • serviços;
    • náuticos;
    • caminhões;
    • automóveis;
    • instrumentos musicais;
    • máquinas e equipamentos.

    Já o prazo varia conforme o plano escolhido. Normalmente, é possível fazer o pagamento em até 200 meses — essa possibilidade é válida para imóveis. Por sua vez, com os automóveis o período chega a 100 meses.

    Geralmente, a administradora oferece planos e prazos preestabelecidos. Por isso, vale a pena pesquisar e escolher a melhor opção.

    Menos burocracia

    O sistema dos consórcios é o menos burocrático que existe. A análise de crédito é bastante flexível e pode ser feita na hora. Assim, você consegue obter as informações e assinar o contrato em poucos minutos.

    Além disso, são exigidos menos documentos, facilitando a contratação. Dessa forma, você consegue ter tudo o que precisa para construir seu patrimônio em apenas algumas horas ou minutos. Basta fazer uma simulação e aguardar o retorno.

    Poder de compra

    Uma vantagem do consórcio em relação ao financiamento é a manutenção do poder de compra. Na prática, funciona da seguinte forma: o preço da sua carta de crédito é atualizada todos os anos para garantir que, no futuro, você consiga comprar o bem esperado.

    Isso é importante, porque os preços aumentam com o passar do tempo devido à inflação. Com essa atualização do valor, a carta de crédito é reajustada de acordo com um indexador. Geralmente, é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ou Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

    Assim, você tem certeza de que, no final do grupo, conseguirá comprar um imóvel de R$ 300 mil, por exemplo. Ou seja, seus objetivos serão conquistados, sem perdas potenciais.

    Baixo custo

    Ao entrar em sistemas de consórcio, você não precisa pagar entrada e outros valores. Sem contar que nenhuma taxa de juros é cobrada.

    Assim, o custo total da operação é baixo, especialmente quando comparado ao Custo Efetivo Total (CET) dos financiamentos, que inclui juros e encargos.

    Parcelamento integral

    No financiamento, você precisa dar uma entrada, na maior parte das vezes. No sistema de consórcios, isso é dispensado. Você parcela o valor do bem, sem impactos ao seu orçamento atual.

    Assim, é possível comprar o que quiser sem ter uma reserva financeira para isso. Da mesma forma, pode deixar qualquer dinheiro que tenha guardado e, ainda assim, construir seu patrimônio.

    Flexibilidade no uso do crédito

    A carta de crédito contemplada pode ser utilizada quando você quiser para adquirir o bem desejado. A única exigência é respeitar a categoria de item.

    Por exemplo, o consórcio de veículos apenas permite adquirir um automóvel. No entanto, você decide questões, como:

    • ano;
    • marca;
    • modelo;
    • novo ou seminovo.

    Uso do FGTS

    Uma forma de antecipar a contemplação da carta de crédito é pela oferta de lances. Para fazer esse aporte de capital, pode usar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), desde que o bem seja um imóvel. Assim, você adianta a compra sem se endividar.

    Como fazer parte de um sistema de consórcio

    Com todas essas vantagens, fica claro que vale a pena adquirir uma cota para formar seu patrimônio. A questão é: como fazer isso? Você verá que é mais fácil do que pensa. Continue lendo!

    1. Adesão ao plano

    O primeiro passo é fazer uma simulação de plano. Verifique qual bem você comprará e as alternativas disponíveis. Confira as opções e entre em contato com a administradora para realizar sua adesão.

    Assim, terá todas as informações de que precisa e tomará sua decisão de forma acertada. Para isso, existem três possibilidades. Veja quais são elas.

    Procurar um grupo já formado em que haja cotas vagas

    As administradoras de consórcio ainda comercializam cotas de grupos já em andamento. Veja quais são as opções e ingresse naquela que melhor atende suas necessidades.

    Ocupar o lugar de um cotista que desistiu

    É uma possibilidade existente em caso de cancelamento. Você recebe outro número de cota, mas ocupa o lugar que ficou vago no grupo da administradora. Por isso, entra com o processo já em andamento.

    Comprar a cota de um participante por meio de transferência

    Por fim, é possível fazer a transferência de cota. Nesse caso, você encontra um comprador e avisa à administradora. O perfil será analisado e, se aprovado, a operação é efetivada. A partir disso, ele se torna responsável pelo pagamento das parcelas do consórcio.

    2. Pagamento da parcela

    As prestações são cobradas todos os meses. Elas são formadas pelo valor do bem diluído ao longo do tempo, taxa de administração e fundo de reserva. Esses últimos dois fatores são percentuais aplicados sobre o valor do consórcio.

    A taxa de administração serve para remunerar a administradora por gerenciar o grupo. Por sua vez, o fundo de reserva no consórcio é uma arrecadação voltada à proteção dos participantes do sistema de consórcio. Isso porque o dinheiro fica guardado para situações de inadimplência de cotistas.

    Quando o grupo for finalizado, o saldo final é distribuído entre todos os participantes.

    De toda forma, esses valores são cobrados junto às parcelas, que precisam ser pagas em dia. Caso contrário, sua participação no sorteio ou a contemplação da carta de crédito não estão garantidas.

    3. Assembleia

    A assembleia de consórcio consiste em uma reunião dos integrantes. Ela é realizada para que os sorteios aconteçam. Ao mesmo tempo, são feitos os lances.

    Elas são realizadas quando a quantidade mínima de consorciados adere ao grupo. Depois disso, elas têm frequência mensal. Essas assembleias são chamadas ordinárias.

    Ainda existem as extraordinárias. Elas não têm periodicidade determinada. No entanto, são realizadas quando é preciso tomar alguma decisão. Por isso, são incomuns.

    4. Contemplação

    Esse termo se refere ao momento em que o número da sua cota é sorteado ou ganha o lance no consórcio. Assim, sua carta de crédito se torna contemplada. Ela permite que você compre o bem desejado como se fosse à vista, mesmo que ainda não tenha terminado de pagar as parcelas do consórcio.

    No caso do sorteio, o processo ocorre conforme a Loteria Federal. Caso a cota já tenha recebido a contemplação, outro número é sorteado.

    O lance permite que você receba a carta contemplada antes do prazo. Existem três possibilidades:

    • lance livre: você oferece a quantia que desejar. O maior valor ofertado ganha;
    • lance fixo: todos os interessados oferecem 30% do valor da carta de crédito. Se houver empate, a Loteria Federal define o vencedor;
    • lance vinculado: você oferece até 30% do crédito da sua carta para pagar o lance oferecido, que pode ser livre ou fixo. Essa quantia é descontada da sua carta de crédito, se você ganhar.

    5. Aquisição do bem

    O bem é comprado como na modalidade à vista. Você escolhe o que deseja adquirir, respeitando a categoria de produtos. A partir disso, vá à loja e informe sobre a carta de crédito.

    Todo o procedimento é realizado entre o estabelecimento e a administradora do sistema de consórcio. Ou seja, não existe burocracia.

    Principais regras

    Além de todos esses detalhes, ainda existem algumas diretrizes que precisam ser seguidas. As principais são:

    • se você desistir da sua cota, pode participar dos sorteios ou dar um lance para receber o valor das parcelas já pagas. No entanto, isso precisa ser feito antes do cancelamento de consórcio;
    • com a carta de crédito, você pode quitar um financiamento bancário. Basta esperar a contemplação por sorteio ou lance. A única exigência é que o consórcio seja da mesma categoria do bem que será pago;
    • as administradoras podem oferecer consórcio de serviços, como intercâmbios, viagens e cirurgias plásticas. Isso é legalizado no Brasil;
    • todas as administradoras são fiscalizadas pelo Banco Central. Caso haja irregularidades no relacionamento com os clientes, a entidade está autorizada a suspender as operações da empresa.

    Conte com uma administradora de consórcio

    Mais do que tudo isso, ainda é necessário contar com uma administradora de consórcio confiável. Essa é a empresa que viabiliza toda a operação, gerencia os fundos comum e de reserva, e ainda garante que as atividades sejam executadas da maneira correta.

    Nesse processo, escolha uma administradora de consórcio de qualidade. Algumas dicas são:

    • analise o atendimento da empresa e verifique se ela presta toda a assistência necessária;
    • avalie a transparência da administradora para saber se sua documentação está em ordem ou se existe alguma pendência;
    • veja qual é a credibilidade da empresa. Confira se a administradora está autorizada a operar pelo Banco Central e o ranking da instituição. Ainda, leia os comentários dos clientes para saber se vale a pena comprar sua cota.

    Todas essas exigências são cumpridas pela Unifisa. A empresa oferece planos completos, que auxiliam no processo de planejamento financeiro anual das parcelas. Assim, você pode construir seu futuro com base no sistema de consórcio sem se preocupar.

    Então, que tal saber mais sobre o assunto? Veja tudo que você precisa saber para assinar o contrato de consórcio com segurança.

      Blog do Consorcio Blog do Consorcio

      Comentários

      Cadastre-se e receba nossas novidades


        Aviso: Nós usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade Eu Aceito

        Dúvidas, sugestões ou mais informações?

        Deixe sua mensagem no formulário abaixo para entrar em contato conosco. Ficaremos felizes em te ajudar!