Como funciona o consórcio de imóvel? Tire suas dúvidas já

Como funciona o consórcio de imóvel? Tire suas dúvidas já

Comprar um imóvel é um passo importante na vida, seja por desejo ou necessidade, esta é a realização de um sonho, não é mesmo? Mas nem sempre as alternativas para a aquisição desse bem são atrativas. Portanto, é preciso correr atrás da mais rentável. Por exemplo, você sabe como funciona um consórcio de imóvel?

Essa é uma das alternativas mais procuradas hoje em dia. Primeiro, porque é acessível e, segundo, porque tem uma mecânica que contempla os consorciados de maneira justa e segura. Além disso, ainda há a possibilidade de pagar de acordo com sua disponibilidade e outros benefícios incríveis.

Receba nossas novidades


    Quer saber mais sobre o consórcio e como ele ajuda na conquista da casa própria? Continue a leitura e descubra!

    O que é um consórcio imobiliário?

    Um consórcio imobiliário é um formato de crédito para adquirir casa ou apartamento. Mensalmente, todos os integrantes do grupo contribuem com um determinado valor. Ele é definido conforme o crédito do bem que será sorteado: apartamentos, casas, entre outros.

    Cada pessoa interessada em participar desse mecanismo compra uma cota. Ao final do consórcio, todos os meses um participante é contemplado e tem a possibilidade de adquirir seu imóvel.

    Dessa forma, os consorciados competem com igualdade de condições em todos os sorteios. Existem também outras possibilidades de contemplação, como lances e aquisição da carta de crédito.

    É importante ressaltar que todo esse contexto é controlado, em geral, por uma empresa responsável e ativa no setor. Ela realiza o recolhimento das mensalidades e fica responsável por cuidar das contemplações e demais burocracias envolvidas na atividade.

    Como funciona um consórcio de imóvel?

    Mas afinal, como funciona um consórcio de imóvel? Existem algumas possibilidades para você ter em mãos sua residência, e é importante conhecê-las antes de entrar para um grupo. Veja só!

    Mecânica de sorteio

    Normalmente, o consórcio de imóveis funciona por meio da mecânica tradicional de sorteios. Isso significa que, após o dia de pagamento mensal estipulado pela Administradora, um participante será sorteado e poderá usufruir da sua carta de crédito e comprar seu bem.

    Esse método é interessante para quem não tem pressa em ter o imóvel em mãos e quer evitar os juros altos oferecidos nos financiamentos. Ou ainda, precisa de tempo para ter mais conforto em pagar as parcelas. 

    Lances

    Os lances funcionam como uma espécie de adiantamento do valor que ainda deverá ser pago no consórcio. Caso você tenha uma reserva financeira, é uma ótima opção para ser contemplado o quanto antes. Existem 3 tipos de lances diferentes:

    Lance fixo

    O consorciado faz um lance com a porcentagem mensal determinada pela empresa administradora. Entre todos que os participantes que oferecem lances, é feito um desempate por meio de globo giratório ou números da loteria federal dependendo da Administradora.

    Lance livre

    O consorciado pode oferecer seus próprios recursos financeiros para dar seu lance, do mesmo modo que em um leilão. A cada assembleia em grupo, o maior lance é contemplado.

    Lance embutido

    É possível oferecer uma porcentagem do valor da própria carta de crédito como lance, e abater a quantia no final quando receber.

    Contemplação

    Quando você é contemplado no consórcio, o dinheiro não é depositado diretamente na sua conta e nem a administradora fica responsável por comprar seu bem.

    Na verdade, você tem acesso a um documento chamado carta de crédito, com o valor correspondente escolhido na contratação do consórcio.

    É como se fosse um tipo de vale-compra, mas em formato de documento. A carta pode sofrer reajustes, de acordo com as condições que o mercado de imóveis apresentar no momento.

    Pagamento das parcelas

    O pagamento das parcelas é feito por meio de boleto. Ele chega na casa ou no e-mail do participante e todos os meses deve ser pago em bancos ou em caixas eletrônicos. 

    Algumas administradoras também oferecem a opção de pagamento via débito automático. Também é possível antecipar suas parcelas, caso tenha dinheiro disponível.

    Em caso de pequenos atrasos, é necessário arcar com uma multa no valor da parcela atrasada, mais a incidência de juros, além de ficar sujeito a não participar da assembleia. 

    Já para atrasos maiores, que ultrapassam um mês, pode ocorrer a exclusão do grupo ou até mesmo a perda da contemplação. Por isso, é importante ter atenção ao pagamento!

    Outra informação pertinente são os valores inclusos nas parcelas — calculados com base em questões como:

    • taxa de administração, referente aos serviços da administradora;
    • fundo comum, valor destinado para o contemplado do mês;
    • seguro de vida ou prestamista, um valor cobrado que garante a quitação ou amortização de dívidas em caso de morte ou invalidez do consorciado;
    • fundo de reserva, destinado para proteger o funcionamento do grupo e cobrir despesas relacionadas a possíveis inadimplências.

    Uso do FGTS

    Se você conta com saldo de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode optar sem medo pelo consórcio, já que é possível utilizar esse valor para quitar parcelas ou ofertar lances.

    Além disso, você pode complementar o valor da sua carta de crédito, caso queira adquirir um imóvel mais caro. Para isso, é preciso ter pelo menos 3 anos de contribuição com o FGTS e a cota do consórcio deve estar no mesmo nome do titular da conta. 

    Ainda é importante não ser proprietário de imóveis no mesmo município de residência ou de trabalho na data da compra.

    Quem pode participar deste tipo de consórcio?

    Não há nenhum tipo de restrição sobre quem participa do consórcio de imóveis. A única exigência é comprovar sua capacidade de pagamento assim que você adquire uma cota. E, para utilizar a carta de crédito, deverá estar com o nome totalmente limpo no mercado.

    A duração de um consórcio imobiliário varia em média de 120 a 200 meses, a depender do valor da carta. Portanto, é fundamental que você se organize financeiramente para fazer a comprovação de suas condições até o final desse período. 

    Se algum imprevisto ocorrer, você ainda terá tempo de organizar suas finanças para usufruir a carta, desde que pague tudo em dia.

    Quais são as principais vantagens do consórcio de imóveis?

    Agora que você sabe como funciona um consórcio de imóvel, vale a pena dar uma olhada em suas principais vantagens. Assim, aproveita melhor a oportunidade e se prepara financeiramente para fazer o investimento. Confira!

    Sem necessidade de entrada

    Todo o valor escolhido pelo consorciado é parcelado de forma integral. Por isso, não há necessidade de dar uma entrada em dinheiro.

    Dessa maneira, o consórcio se torna a opção ideal para quem não tem o montante completo para comprar o bem ou ainda precisa usar o dinheiro para outros fins. 

    Variedade de prazos e planos

    Uma boa administradora sempre investe em variedade de prazos e planos para atender a todo tipo de condição e perfil. Você define as parcelas, opta por prazos de pagamento e tem muito mais flexibilidade. 

    Pouca burocracia

    Há quem desanime de investir em aquisição de imóveis por causa da burocracia envolvida. Mas, no caso do consórcio, ela é mínima. 

    As exigências para participar são poucas e, desde que o pagamento das parcelas esteja em dia, você não tem que lidar com maiores documentações ou papeladas complexas.

    Liberdade para uso do crédito

    Assim que você obtém sua carta de crédito, terá total liberdade e autonomia para fazer uso dela. Desde que a compra se enquadre na categoria do bem desejado, neste caso, o imóvel.

    No caso do consórcio imobiliário, você pode adquirir imóveis comerciais ou residenciais, na planta, usados ou novos. Ainda pode usar o valor para comprar terrenos, reformar ou construir.

    O que levar em conta ao contratar um consórcio de imóveis?

    Antes de entrar em um consórcio de imóveis, é muito importante assegurar que você tem condições financeiras para assumir este compromisso. E, mais do que isso, se pode esperar pelo momento da contemplação. 

    Portanto, seja rígido ao montar seu cronograma financeiro e ao estudar as suas expectativas a longo prazo. 

    Além disso, é fundamental que você compre sua cota de uma administradora de confiança. Como é o caso da Unifisa, que atua nesse setor há mais de 25 anos e está dentro da fiscalização realizada pelos órgãos competentes e pelo Banco Central.

    Converse com a equipe da administradora, tire suas dúvidas e leia o contrato com muita atenção. Assim, você terá toda a segurança necessária para dar início a esse tão importante investimento para sua vida!

    E então, conseguiu visualizar como funciona um consórcio de imóvel? Com todos esses detalhes em mãos, basta se organizar para começar a pagar as parcelas e conquistar seus objetivos!

    Quer saber mais sobre o universo dos consórcios? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail!

      Blog do Consorcio Blog do Consorcio

      Comentários

      Cadastre-se e receba nossas novidades


        Aviso: Nós usamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade Eu Aceito

        Dúvidas, sugestões ou mais informações?

        Deixe sua mensagem no formulário abaixo para entrar em contato conosco. Ficaremos felizes em te ajudar!