Instrumentos musicais sobre a mesa

Existe consórcio de instrumentos musicais? Saiba mais!

Na hora de conquistar seus objetivos, é importante pensar em diferentes alternativas. E, quando falamos em montar uma banda, por exemplo, o consórcio de instrumentos musicais gera facilidade na compra das ferramentas.

Independentemente do instrumento desejado, você pode considerar essa alternativa. Assim, é possível trabalhar com música e/ou ter bons momentos de lazer. Então, que tal entender melhor como funciona o consórcio de instrumentos musicais? Acompanhe o post!

Afinal, o que é um consórcio de instrumentos musicais?

O consórcio de instrumentos musicais é uma modalidade de compra coletiva, em que várias pessoas se unem para adquirir o bem desejado, por exemplo, violão, guitarra ou baixo.

Ao participar de um grupo, você paga uma prestação mensal e concorre a sorteios. Ao receber a contemplação, tem a chance de adquirir o bem como na modalidade à vista.

A escolha do grupo dependerá do preço do(s) instrumento(s) que o consorciado desejar comprar. Além disso, é possível definir o prazo de pagamento conforme as opções disponíveis, gerando mais tranquilidade e tempo ao consumidor.

Como esse consórcio funciona?

Ao buscar um consórcio de instrumentos musicais, você deve escolher um grupo para participar. Isso dará direito a uma cota, representada por um número, com prazo e valor de pagamento que permitirá a compra do bem.

Assim, você faz a adesão ao grupo e começa a pagar as parcelas. Todo o dinheiro repassado pelos participantes é enviado para um fundo comum. Dessa forma, é formado um caixa que permite contemplar os sorteados mensalmente.

No entanto, se for de interesse do consorciado, é possível antecipar a contemplação com um lance. As opções disponíveis são:

  • lance livre: você oferece a quantia que desejar e o maior valor ganha a contemplação;
  • lance fixo: todos que desejam participar ofertam 30%. Em caso de empate, é feito um sorteio para definir o vencedor;
  • lance vinculado: permite usar até 30% do valor do crédito como lance em qualquer uma das modalidades. A vantagem é não descapitalizar.

Em todos os casos, você ganha o direito de receber a carta de crédito. Com ela, comprará o instrumento musical que deseja.

Caso ainda tenha parcelas a pagar após receber a contemplação, a dívida será quitada até o final do contrato de consórcio. Portanto, é estabelecida uma relação de ganha-ganha.

Quais são as vantagens do consórcio para instrumentos musicais?

O funcionamento dessa modalidade de compra é benéfica aos participantes. Ainda, existem outros fatores a destacar. A seguir, apresentamos os principais. Confira!

Flexibilidade

A administradora sempre tem grande variedade de planos e prazos. Com isso, você tem a chance de selecionar a opção que faz sentido à sua vida financeira. Ou seja, fica mais fácil fazer um bom planejamento financeiro anual para a compra.

No caso do consórcio de instrumentos musicais, o pagamento pode ser feito em até 100 meses. Contudo, você pode optar por um período menor. Além disso, é possível pedir carência de dois meses para retomar o pagamento após dar um lance. Nesse caso, uma parte do valor ofertado é utilizado na antecipação dessas prestações.

Ausência de juros

Todo consórcio tem a vantagem da ausência de juros. Durante a modalidade de compra, não é preciso arcar com o pagamento de valores extras, que encarecem a compra de um instrumento de forma parcelada.

A cobrança existente é referente à taxa de administração — inferior aos custos bancários das outras modalidades de compra.

Além disso, há cobrança de fundo de reserva no consórcio e seguro de vida/prestamista em grupo. Porém, ainda com todos esses valores, o consórcio permanece mais vantajoso no mercado.

Planejamento

Outra característica fundamental dos consórcios de instrumentos musicais é o fato de ser uma compra planejada. Você define quanto pagará e por qual período. Dessa forma, ajusta o valor ao orçamento disponível e evita problemas com o dinheiro disponível.

Aumento do poder de compra

Apesar de deixar bem claras as condições de negociação, o consórcio corrige o valor do bem todos os anos para manter o poder de compra. O procedimento é feito de acordo com um indexador econômico, como o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do Brasil.

No entanto, o aumento do poder de compra se refere ao período pós-contemplação. Caso você demore para definir qual instrumento comprar, todo o crédito será aplicado em um fundo de renda fixa com geração de rendimentos mensais.

Conheça o Consórcio Unifisa

O Consórcio Unifisa oferece a modalidade específica para instrumentos musicais. Os planos são variados e podem ser pagos em até oito anos. Todos os meses são entregues, em média, cinco bens. Eles são garantidos da seguinte forma:

  • 1 por sorteio;
  • 1 por lance fixo;
  • 1 por lance livre;
  • o restante por lance livre conforme a disponibilidade de saldo de caixa do grupo.

A taxa de administração mensal é de 0,13%, depois de uma antecipação de 4%. O fundo de reserva corresponde a 2,5% ao mês. Enquanto o seguro de vida/prestamista em grupo é de 0,06% mensal sobre o valor do bem + taxas.

Assim, você tem disponível uma boa maneira de conquistar seus objetivos e, quem sabe, formar uma banda. Então, que tal aproveitar o consórcio de instrumentos musicais para começar a trilhar o caminho do sucesso?

Se isso é o que deseja, conte com a Unifisa! Acesse a página do consórcio de instrumentos musicais e saiba mais detalhes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami